Nova colaboração no Voz!

28.05.10

Depois de longas e complicadas negociações (), o blog Voz de Celénia chegou a acordo com uma "expert" no campo da degustação literária, que causou grande impacto no Facebook. A partir de agora, as suas curtas mas incisivas e sapientes "reviews" também serão publicadas neste blog. O seu nome: Andreia Torres!

 

publicado por sá morais às 23:30

Sakamoto

26.11.08

 

Esta música tem uma estória interessante. Descobri-a nem sei como numa daquelas cassetes BASF que existiam em abundância, mas não sabia de quem era ou o nome. Investiguei, mas ninguém sabia. Só passados alguns anos é que vi o filme e fez-se luz.  sakamoto no seu melhor!

 

Uma daquelas que não se esquece!

publicado por sá morais às 21:58

O Fantástico e a Realidade - "DRAGÃO" NO IRAQUE?

09.10.08

 

 

 

O lendário Sirrush da Porta de Ishtar: existência comprovada?

 

De acordo com a agência de notícias "Vozes do Iraque", moradores da cidade de Dihuk, no Curdistão, norte do Iraque, filmaram no inicio da semana um animal que não se parece com nenhuma espécie conhecida com aproximadamente 4 metros de comprimento. Hussein Amin, vice-reitor da Universidade de Dihuk, localizada a 460 quilómetros de Bagdad, viu a filmagem, e afirmou que a criatura " tem uma forma similar aquela que poderíamos definir como um dragão". Estudiosos da universidade enviaram o material filmado para dois centros de pesquisas, na Alemanha e Grã-Bretanha.

Fonte: Corriere Della Sera
 
Adaptado de Arquivos do Insólito

Re-Cycle

08.10.08

 

 

 

De Oxide Pang Chun e Danny Pang (Coreia do Sul | Japão, 2006)

Interpretes: Lee Sin Je, Ekin Cheng, Rain Li, Zeng Qiqi, Lau Siu-Ming
Duração: 108 minutos
Classificação: M/16
Legendado em Português



O primeiro romance da jovem escritora Chu Xun torna-se um best-seller no sudeste asiático e o seu agente anuncia o próximo livro da autora numa noite de autógrafos. A obra, intitulada "Re-Cycle", irá abordar forças sobrenaturais. Após iniciar o livro, Chu Xun pára e deita ao lixo alguns rascunhos da sua obra. Mais tarde, começa a ter visões, como a de uma mulher que aparece repetidas vezes em determinados lugares. Os fenómenos não têm explicação e a escritora passa a achar que o que escreve acontece no mundo real tendo dificuldade em distinguir o que é real do que é apenas imaginário... Então, uma noite, Chu Xun resolve seguir a tal mulher até o outro mundo - um mundo no qual ela viverá o mais real e puro horror!

 

"I just had one of the biggest mindf*cks ever! But it was so good! I just watched a movie called “Re-Cycle” (Asiamania, always great martial-arts and horror movies). It’s a bout a woman who just started writing a new book. But she’s having trouble to get the right inspiration and isn’t happy with anything she writes. This seems like a normal situation (every creative person knows how hard it is if you can’t get out what’s in your mind). But at this point, the movie is gonna make a twist. She starts to see vague figures in her house, gets weird telephone calls and she is starting to trip out. This goes so far that she enters another world. A world where she doesn’t belong but she also created it. Imagion everything you ever forgotten, banished, or just threw away, and get confronted with it in a sick twisted world. I won’t tell any more about it cause I know some really wanna see this movie first.

I’m not a good reviewer or something, but so you know what to expect: Lots of scary kids and creeps, Lots of visual effects (some good some poor), A world you could picture in video games, and I think one of the best story concepts ever!"

 

by Random Post

 

Espelhos - Mirrors

07.10.08

 

 

ano: 2007
› estreia nacional: 25 de Setembro de 2008 (#5 na 1ª semana)
› estreia mundial: 15 de Agosto de 2008

país: EUA
género: Terror
distribuidora: Castello Lopes

realização
Alexandre Aja

intérpretes
Kiefer Sutherland, Paula Patton, Cameron Boyce, Amy Smart

 



sinopse
Ben Carson (Kiefer Sutherland) já viu melhores dias. Já faz quase um ano que este ex-polícia instável foi suspenso por ter disparado fatalmente sobre outro polícia. Um acidente que não só lhe custou o trabalho, como contribuiu para o alcoolismo, causando o afastamento da sua esposa e filhos e levando-o a mudar-se para casa da sua irmã. Desesperado por voltar a endireitar a sua vida e unir novamente a sua família, Carson aceita um trabalho como segurança nocturno nas ruínas de um armazém destruído por um incêndio gigantesco que ceifou inúmeras vidas inocentes. Enquanto Carson patrulha os escombros queimados e misteriosos do armazém, ele começa a aperceber-se de algo sinistro acerca dos espelhos que adornam as paredes do espaço. Reflectidas na superfície brilhante estão imagens horríveis que o paralisam. Para além de reflectirem imagens chocantes do passado, os espelhos parecem estar a manipular também a realidade. Quando Carson vê o seu próprio reflexo a ser torturado, ele sofre os efeitos psicológicos das suas visões fragmentadas...


 

 

Outras Leituras - Admirável Mundo Novo

22.09.08

 

"ADMIRÁVEL MUNDO NOVO” de Aldous Huxley,1932:
Obra de ficção onde o autor descreve uma sociedade futurista que reflecte o seu desencanto com o mundo industrializado. Huxley, lança o alerta para a potencial ameaça que o progresso tecnológico representa para os direitos civis mais básicos dos indivíduos. Pensámos que nem mesmo Huxley, alguma vez previu que as profecias que imaginou em 1932 para o ano de 2500, começariam a realizar-se tão rapidamente. O mundo novo descrito por Huxley é um mundo sem valores humanos fundamentais, os indivíduos são criados em série e todos ocupam o lugar que lhes foi atribuído numa sociedade mecanizada. Em 1949, Huxley afirmava: “Na próxima geração, acho que os senhores do mundo descobrirão que o condicionamento infantil e as narcopsicoses são mais eficazes como instrumentos de governo do que os garrotes e os calabouços (...) e que a avidez de poder pode ser saciada tão cabalmente se através da indução, se conseguir que as pessoas amem a
sua escravidão...”

Tenho adiado a (re)leitura deste livro ( tal como de tantos outros... Cronos!! ) que aborda uma temática pela qual tenho grande interesse. O meu amor/ódio pela tecnologia, a meu receio de uma "uniformização" do ser humano, o controlo/concionamento das massas e o desparecimento dos valores essenciais, face a uma "mecanização" do mundo fazem-me sentir ganas de voltar a devorar esta obra de Huxley.

Critica a Goor - A Crónica de Feaglar 1

01.08.07

 

Finalmente tive tempo para ler o Goor. Valeu a pena :)
A ausência de capítulos só tornou mais difícil de parar de ler, resultado li tudo em pouco mais de um dia.
O universo está bem descrito e o desenrolar da história é bom. Normalmente tenho fobia a livros portugueses por me obrigarem ou a terem um dicionário ao lado ou a paragens obrigatórias para tentar discernir a mensagem no meio de tanta arte. Na minha opinião o que conta num livro de prosa é a história, o resto são floreados que por muitas vezes só dificultam o conhecimento da mesma.
Este livro, apesar de não ser despido de qualidade literária, não cai no erro de se tornar demasiado pesado. OK, o prelúdio é um pouco pesado, mas necessário...

Como disse a Tânia, alguns personagens poderiam ser mais explorados. Mas eu vou mais longe, e como qualquer apreciador deste tipo de literatura, acho que algum contexto histórico deveria ser mais explorado ou ter direito mesmo ao seu livro.

Estou ansioso para ler a continuação... continua Sá ;)

LBaixinho

 

    Ora aqui está mais uma opinião de um leitor ( com grande valor por lá por aqueles lados serem apreciadores de Lego, o que considero uma virtude! ).  

    Quanto aos capítulos, já várias pessoas se queixaram e com razão disso. No Goor 2 era para os colocar, mas devido a ser bem mais extenso que Goor 1, motivos monetários fizeram-me voltar a optar por não o fazer...

     Essa fobia de que falas é algo que percebo bem... Aliás, já tenho falado sobre isso. Este é um livro sem pretenciosismos, que apenas oferece uma porta para uma história, um mundo... Esse mundo é o mais importante e não um cardápio de exigências de modas "intelectuais"... Mas há que discorde desta ( nossa ) ideia e está no seu direito...

    O prelúdio, que acaba por ser uma espécie de introdução, acaba realmente por ser um pouco pesado e sem o ritmo do resto do livro. Muitas vezes pensei que seria desmoralizador para quem começasse a ler... Enfim, tinha de ser...

     Quanto aos personagens, bem acaba por haver neste primeiro livro ( a entrada para o prato principal, que é Goor 2 ) uma espécie de "fog of war" sobre as personagens. Mas creio que há mais exploração no Goor 2. Algumas personagens revelam-se, outras sofrem metamorfoses, demonstram forças ou fraquezas... Enfim, depois me dirás se estou certo! :)

   Quanto a esse contexto histórico... Agh! Não tenho tempo... Talvez um dia!

 

   Abraço!!


Antevisão da capa de GOOR - A CRÓNICA DE FEAGLAR 2

09.07.07

 

Em breve sairá Goor - A Crónica de Feaglar 2, a conclusão das aventuras de Feaglar, Gar-Dena, Thalian, Calédra e muitos outros. Desta feita não haverá lançamento, mas ficará em breve agendado um "Gathering" a decorrer em Setembro em Viseu. Uma espécie de festa de Goor. Com muitos amigos e amigas. Para já adianto que o orador será o grande amigo e aficcionado - Outsider. Com tempo direi mais...

pesquisar

 

comentários recentes

mais comentados

arquivos

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

Junho 2014

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30