Guardo em mim esta imagem,

Que não consigo vislumbrar...

É como uma distante miragem,

Uma sede no olhar...

 

Nos meus lábios sinto esse beijo,

E a dor de ele não ter tido lugar.

És oásis do meu desejo,

Todo um deserto por atravessar...

 

Feaglar

publicado por sá morais às 20:07