Ùltima Transmissão Humana encerra um conceito inovador e interessante - um "FLI" -  Filme Literário Interactivo, e é exactamente disso que se trata: um livro cinematográfico e interactivo.

 

 

 

 

 

 

 

imagem: Paulo Madeira

 

 

 

 

 

 

Um excelente grafismo ( 100% ) sempre em harmonia com os vibrantes textos e uma BSO formidável ( que me deu a conhecer novas sonoridades e me recordou outras que já fazem partem da minha fonoteca ) são um poderoso cartão de visita deste blog que merece uma atenta visita e um futuro acompanhamento obrigatório. O autor, Haiden, "marca pontos"e deixa elevadas expectativas. Desde já, os meus parabéns! 

 

 

"A acção passa-se em 2080, pouco tempo depois de se ter descoberto que as calotes glaciares do pólo-norte, na Terra, estavam a derreter parcialmente. Haiden, o personagem principal, é um programador informático contratado pela GENOTECH, uma empresa de investigação do genoma humano situado numa colónia de Marte, recebe esta notícia chocante e, antes mesmo de ter recuperado da preocupação com a situação perigosa em que a sua família se encontraria na Terra, assiste a um acidente catastrófico num laboratório de um novo complexo molecular. Estão dadas as premissas base para a história.

O acidente espalhou uma espécie de vírus que transformava os humanos em «demónios» e, para complicar, a situação na Terra é tão grave que o planeta é evacuado para Marte onde os esperaria um Inferno."

Por Pedro Ventura ( com utilização de sinopse de um texto de Paulo Fonseca ) 

 

 

publicado por sá morais às 13:26