O festival de cinema mais importante de Portugal prepara-se para dar o arranque à sua 29 edição divulgando a programação para um evento que se vai desenrolar entre 16 de Fevereiro e 1 de Março no Porto.

 

O Fantasporto apresenta num total de 13 salas com sede no teatro Rivoli mais uma quinzena de luxo para os cinéfilos nacionais, e não só. Depois de ultrapassar o estigma de ser "apenas" um festival de cinema fantástico, o Fantas traz para esta nova edição mais uma série de propostas que prometem fazer do Porto a capital do cinema europeu de Fevereiro.

 

Para abrir a programação, estreia nacional exclusiva de Che, o filme de Steven Soderbergh sobre o revolucionário Ernesto Guevarra, cuja critica do Cinema podem ler aqui. O filme abre as hostilidades para um festival que conta como cabeças de cartaz Delta, do premiado autor hungaro Kornel Mundruzco (que já se apresentou no Porto com Pleasent Days e o multi-premiado Johanna), The Chase e Hansel e Gretel.

 

Destaque também para a retrospectiva do cinema galego, seguindo o estreitar de relações entre a região Norte e a Galiza, isto depois de no ano passado o palmarés ter sido quase exclusivo de produções espanholas.

 

José Fonseca e Costa receberá o prémio de carreira, mas não é o único cineasta alvo de uma retrospectiva especial. Também o italiano Mario Bava, pai do cinema de terror italiano, e o alemão Jorg Buttgereit, terão direito a retro no pequeno auditório do Rivoli.

 

Para além das habituais secções Semana do Realizador e Orient Express, o Fantas volta a contar com o espaço "Cidade do Cinema" na praça D. João I, onde serão exibidas uma série de curtas-metranges. O Festival volta também a marcar presença em várias salas do grande Porto confirmando que o Rivoli já é demasiado pequeno para um festival desta magnitude.

 

Para consultar a programação completa, podem consultar aqui o site oficial do Fantas.

 

 

publicado por sá morais às 11:05