Se um dia, por um acaso,

A Lua quiseres roubar,

Leva-me contigo nessa noite

E a roubarei para te dar.

 

E se nessa mesma noite

As estrelas também cobiçares,

Só precisarás de abrir as mãos

E terás quantas desejares.

 

Mas, se no fim dessa noite,

Nada disto te consolar...

Recoloca tudo onde estava

E rouba-me em seu lugar.

 

Feaglar

publicado por sá morais às 13:54