Os Dagarac ( condra )

Ao contrário da maioria dos reinos, que entregam essas funções aos exércitos regulares, os condra possuem uma força paramilitar de elite que persegue criminosos, actuando dentro e até mesmo fora das suas fronteiras. Os dagarac são essencialmente recrutados da Guarda Real Condra, mas também possuem alguns dhorians e nilmec ( estes últimos devido às suas singulares capacidade  mentais ) nas suas fileiras. Devido à grande diversidade étnica e existência de diversas tribos autónomas em constantes lutas pelo poder, o dagarc também actuam como salvaguarda da autoridade régia.

  Porém, no acontecimentos relatados em Goor I, os dagarac revelam-se incapazes de impedir a sucessão de acontecimentos ( alimentados pela traição de diversos senhores tribais ) que culminarão na morte do rei Fremedon e na consequente invasão do seu reino pelas forças de Calicíada, apesar do valor demonstrado em diversas ocasiões.

  Durante a ocupação darmenéria, os dagarac que não se submetem são cruelmente perseguidos e executados. Os poucos que sobrevivem à mortandade das batalhas e a essa posterior perseguição refugiam-se em reinos vizinhos, aguardando o momento certo para voltarem a lutar.

  Em Goor - A Crónica de Feaglar I é-nos apresentado Dardon, um valente guerreiro dagarac, que irá aliar-se a Feaglar para capturar o vil Racul. Levada a cabo essa acção, Dardon decide juntar-se ao rei dhorian e acompanhá-lo nas suas aventuras.