Katee Sackhoff

28.06.13

 

publicado por sá morais às 10:18

O Regresso dos Deuses - Rebelião (Editorial Presença)

18.06.13

Se está farta personagens femininas frágeis, patéticas, estúpidas, submissas, dependentes e infantis que envergonham o intelecto feminino, conheça CALÉDRA!

PS: Se não está é mau sinal... 


Andreia Torres



 

Diferente. Ambicioso. Eloquente, O Regresso dos Deuses – Rebelião é o tipo de livro que qualquer aficionado por fantasia épica deveria experimentar. Lá por ser português não é motivo para se passar ao lado ou para se julgar sinónimo de pouca qualidade, muito pelo contrário. Tratando-se de uma obra nacional, é de enfatizar a importância para o reportório português que obras deste carácter têm. Caso a sinopse lhe tenha surtido interesse, aventure-se; caso não, aventure-se de igual forma. Valerá a pena. 


Pedacinho Literário

 


http://www.presenca.pt/livro/ficcao-e-literatura/romance-fantastico/o-regresso-dos-deuses/?UDSID=%A7%A7%A7%A700111021132540001324554752%A7%A7%A7%A7


publicado por Andreia Torres às 00:46

Recomendado por Andreia Torres - When China Rules the World: The End of the Western World and the Birth of a New Global Order - Martin Jacques

18.06.13

 

Review

By far the best book on China to have been published in many years, and one of the most important inquiries into the nature of modernisation. Jacques's comprehensive and richly detailed analysis will be an indispensable resource for anyone who wants to understand contemporary China (John Gray New Statesman )

Provocative ... stimulating ... full of bold but credible predictions ... I suspect it will long be remembered for its foresight and insight (Michael Rank Guardian )

This important book, deeply considered, full of historical understanding and realism, is about more than China. It is about a twenty-first-century world no longer modelled on and shaped by North Atlantic power, ideas and assumptions. I suspect it will be highly influential (Eric Hobsbawm )

Jacques's book will provoke argument and is a tour de force across a host of disciplines (Mary Dejevsky The Independent )

[An] exhaustive, incisive exploration of possibilities that many people have barely begun to contemplate about a future dominated by China. ... [Jacques] has written a work of considerable erudition, with provocative and often counterintuitive speculations about one of the most important questions facing the world today. And he could hardly have known, when he set out to write it, that events would so accelerate the trends he was analyzing. (Joseph Kahn The New York Times Book Review )

A very forcefully written, lively book that is full of provocations and predictions (Fareed Zakaria GPS, CNN )

[A] compelling and thought-provoking analysis of global trends.... Jacques is a superb explainer of history and economics, tracing broad trends with insight and skill (Seth Faison The Washington Post )

The West hopes that wealth, globalization and political integration will turn China into a gentle giant... But Jacques says that this is a delusion. Time will not make China more Western; it will make the West, and the world, more Chinese (The Economist )

About the Author

Martin Jacques is one of Britain's foremost public intellectuals. A Visiting Senior Research Fellow at IDEAS, the London School of Economics' centre for diplomacy and grand strategy, a Visiting Professor at Tsinghua University, Beijing, and a Fellow of the Transatlantic Academy, Washington DC, Martin Jacques is widely respected as a leading global expert on what could prove to be the most important geopolitical event of the past 200 years: the rise of China. He was editor of Marxism Today from 1977 until the journal's closure in 1991, and has also worked as deputy editor of The Independent. He has been a columnist for the Times, the Guardian, the Observer, and the New Statesman, as well as writing for international publications such as the Financial Times, Economist, New York Times, International Herald Tribune, Daily Beast, Volkskrant, Corriere della Sera, L'Unita, South China Morning Post, and Folha De S. Paulo.
publicado por Andreia Torres às 00:27

Disponível na BUBOK em livro e ebook!

18.06.13

Sete anos depois, o romance épico "Goor - A Crónica de Feaglar", volume I está novamente disponível!

 

PONTOS DE VENDA:

 

BUBOK

LIVRO

custo: cerca de 16 euros - incluindo despesas de envio (economy) para PORTUGAL

          cerca de 52 reais - incluindo despesas de envio (economy ) para o BRASIL

 

*Pode também contactar directamente o autor: noctis2006@sapo.pt

 

EBOOK

custo: 5 euros/R$12.02 

 

 

 

 

 

 “Lembro que cando rematei de lér a segunda novela de Pedro Ventura (Goor II – A Crónica de Feaglar, aló polo 2007) puiden dicir sen temor ao ridículo que viña de rematar a millor novela de xénero fantástico da miña vida. Aquela novela era o cabo a unha história de coraxe, aventuras e humanidade que tan só facían desexar lér mais e mais (…)”

 

NOVA FANTASIA (GALIZA - ESPANHA)

 


"Enquanto leitor senti-me verdadeiramente sugado pela história levando a que consumisse cada pequeno passo da narrativa de forma deliciosa...Tem todos os ingredientes: acção, intriga, romance... Se gosta do género, vai adorar este livro. Eu já vou a meio e estou a adorar! A história é fluida e interessante, tendo lugar num mundo imaginário, onde o valor humano tem um papel muito importante. Quem não comprar este livro não sabe o que perde..."

GALEONDI - YAHOO (BRASIL) 

 

"Goor - As Crónicas de Feaglar I & II são obras inigualáveis. A primeira coisa em que pensei quando terminei de os ler foi "Uau, nunca pensei que houvesse uma obra destas, muito menos escrita por um autor português". (...) Desde cedo entramos num mundo completamente novo. E, apesar de estas duas obras serem classificadas no género Fantástico, desenganem-se se pensam que vão encontrar os seus elementos típicos como fadas, gnomos, elfos, anjos ou vampiros ou o que quer que vos possa passar pela cabeça. Aqui, temos a humanidade dura e crua, onde cada pensamento e acção têm uma intensidade nunca antes expressas desta forma."


SOFIA TEIXEIRA - BLOG MORRIGHAN (PORTUGAL)


 

 

publicado por Andreia Torres às 00:15

Agatha de Assis - Melancolia

18.06.13

Melancolia - o livro

Sinopse:

É uma antologia reunindo crónicas escritas como cartas. Sobre o comportamento humano diante de uma dor, de uma perda, de uma traição. Melancolia expressa o sentimento humano, tudo o que um dia alguém não ousou gritar ou falar. Além das crónicas, Melancolia vem com um diário. Para que o leitor também possa escrever o que sente… São cartas escritas na maior parte na primeira pessoa, de forma que consigam observar o desabafo nelas através da Melancolia sentida nas partes mais verosímeis de um indivíduo (a).
Introdução


melancolia é a forma mais profunda de demonstrarmos nossos sentimentos de intensa tristeza, raiva e abominação por conta daquilo que nos arrenega.
Mas existe outro modo de assistir a melancolia em cena. Aquele sentimento mais sensível que nos remete para baixo, pondo-nos a uma situação de puro torpor e decadência. Esse modo seria tirar proveito da sensibilidade que nos rodeia e amadurecermos quanto ao fato de sabermos que sem tristezas não há alegrias. Seria como um grande contraste entre o bem e o mal, o doce e o amargo, a luz e as trevas.
Essa parte melancólica que nos consome quando sentimos falta de algo que nunca tivemos, ou quando a “nostalgia” vira uma doença, onde tudo fica mais difícil de ser esquecido.
melancolia faz parte do ser humano, assim como cada órgão que possuímos. E a sensação de tê-la pode parecer simplesmente dolorosa, contudo, a felicidade só vem realmente quando a melancolia deixa de ser uma parte de si mesma. Onde podemos desfrutá-la enquanto habita em nosso interior de forma que possamos aprender com a dor, um modo de amadurecermos e nos amarmos da maneira que somos. De mostrar à luta do dia a dia que somos mais fortes; que possuímos uma garra inigualável. Que mesmo quando toda essa consternação vem desfrutando de nós, obtemos força naquilo que mais amamos para parti-la ao meio.
A forma de parti-la e resgatar sua essência ao mesmo tempo, não é nada mais e nada menos do que expressá-la de alguma maneira.
E comigo, funciona através da escrita. É escrevendo que consigo pôr para fora aquilo que incomoda a mim e a muitas pessoas queridas; das quais vejo suas dores nadarem em seus silêncios; e resolvo assim gritar por elas.
Pois pensando em toda essa melancolia que nos cerca, através de situações do nosso quotidiano, que resolvi reunir essas crónicas, fazendo-as únicas, acompanhadas de um diário. Onde você também poderá gritar suas dores e frustrações aqui, neste cantinho especial. Sinta como se todos o ouvissem... Entre em sintonia com a “Melancolia” – Crónicas entre o bem e o mal.
publicado por Andreia Torres às 00:13

Divulgação - "O Medalhão Mágico: O Reino de Damantiham" de Mariana Lucera

18.06.13
O enredo começa com Emy indo parar junto com sua mãe na mansão de sua tia em Londres. A mesma mansão onde sua prima Lindsay desapareceu misteriosamente entre os milhares de corredores do casarão.
Desde o começo Mariana Lucera já exibe sua escrita talentosa, mesmo Emy estando em um mundo normal e tendo que ir viajar para a casa da tia que está em depressão por causa do desaparecimento da filha, não conseguimos desgrudar da história.
A escrita e a personagem nos puxam para dentro do livro, como se fossemos capazes de entrar de cabeça dentro daquelas palavras que formam o mundo de Emy. Entretanto é quando Emy descobre que o espelho da biblioteca assombrada da casa de sua tia é um portal para um reino que está sobre a tirania de uma feiticeira má que nós só conseguiremos sair do mundo mágico brilhantemente narrado por Mariana Lucera quando a última página for lida.
Embarcamos no mundo mágico narrado por Lucera de tal maneira que quando saímos nos pegamos pensando se magia realmente não existe. Podemos até pensar se Lucera não pegou emprestado o pó mágico utilizado por J.K.Rowling quando esta escreveu o mundo de “Harry Potter”.
Emy entende que sua prima Lindsay está presa no reino de Damantiham e adentra no portal da biblioteca para tentar salvar sua prima. Mas as coisas não são tão simples quanto parecem e Emy descobre que em posse da metade de um medalhão precisará embarcar em uma viagem com elfos e seres mágicos atrás de outra metade de um medalhão que dá o poder de salvar o reino da tirania da feiticeira má.
Uma aventura fantástica que irá agradar tanto os mais jovens, pela aventura que irá encontrar, quanto os mais velhos pela escrita magicamente brilhante da autora.
Personagens ricamente detalhados, mas o que chama mesmo atenção é a riqueza que contém na história sobre a feiticeira má. Uma das personagens mais bem construídas na história que deixará o leitor na dúvida entre o amor, o ódio e o medo.  
Personagens bem construídos, enredo fortemente criativo e uma história fantástica nunca antes lida na literatura nacional. É exemplos como Mariana Lucera que devemos apoiar o Brasil no incentivo de literaturas nacionais.
Uma aventura por um mundo desconhecido. Elfos, dragões, feiticeiras e, junto, nós leitores que embarcamos nessa história e nos sentimos fazendo parte desse mundo mágico tão bem construído. A imaginação do leitor irá florescer como há tempos não fazia. Voltaremos a ser crianças, aventureiros e a gostar do que é mágico como só Tolkien, C. S. Lewis e J.K.Rowling souberam mexer com nossa imaginação. Guardem o que estou narrando, um dia Mariana Lucera estará entre estes nomes citados.
E por final, uma lamentação da que vos escreve. Nenhuma resenha será o bastante para dizer quão fantasticamente brilhante é o livro. Esta escrita aqui é só o mínimo do que espera aqueles que irão lê-lo. 


Informações:

Título: O Medalhão Mágico: O Reino de Damantiham
Autor: Mariana Lucera
Lançamento: 
2013
Páginas: 360
Editora: 
Oitama Rima
Categoria: 
Fantasia/Ficção
Série: Livro 1 de 4
in Tri-Books
publicado por Andreia Torres às 00:09

50 Shades of Stupid (3)

17.06.13

"Ugh. 50 Shades of Grey is trash; it is not romantic, it is not healthy, it is not a good guide-line for relationships in general. It misrepresents BDSM, Dom/sub culture, and glorifies the abuse that actual mentoring and training eliminates. I don’t care what you do with your time, or if you’ve read all three books, whatever; but I don’t care how Byronic (misanthropic, misunderstood, broody, mysterious, dark, etc) a character is; when he implies that he’ll beat the bad mood out of you (because that’s what he’d normally do, because he’s a ‘Dom’ -obviously not a good once, since he ignores basic safe-sex practices, along with disregarding safe words and limits-) when you’ve just had a pregnancy scare, that is deeming. That is not attractive; that is scary and influential people of all sexes, all ages, and all walks of life, might be tempted to start a Dom/sub relation based on this pathetic piece of shit; may be more likely to prey on individuals deemed ‘weaker’ than they are; might stay in a shitty, abusive relationship because apparently, that, is what love looks like.

Give me a fucking break."


 thatnewromantic




Andreia Torres


publicado por Andreia Torres às 23:59

50 shades of stupid (2)

17.06.13

publicado por Andreia Torres às 23:57

50 shades of stupid

17.06.13

 

Andreia Torres

tags:
publicado por Andreia Torres às 23:53

Lançamento: Medalhão Mágico de Mariana Lucera (Brasil)

08.06.13

RESENHA: "O Medalhão Mágico" de Mariana Lucera



Título: “O Medalhão Mágico: O Reino de Damantiham”
Autora: Mariana Lucera
Editora: Selo Ársis – OitavaRima
Lançamento: 2013
Páginas: 360
Categoria: Literatura Fantástica
Sinopse: O que era apenas uma viagem de férias para a mansão de uma tia solitária, em Londres, acaba por se desdobrar em uma grande aventura para Emily Dismorri. Investigando o desaparecimento de sua prima, Lindsay, que sumiu naquele local há anos, Emy se depara com um portal que a leva para Damantiham. Lá, a garota começa uma jornada que lhe trará descobertas impressionantes sobre o seu passado, ao mesmo tempo em que ela precisará se esforçar para garantir o seu futuro. De posse da metade de um medalhão mágico, Emy faz amizades e se vê envolvida em uma disputa que há muito assola o reino, dominado pela poderosa e malévola feiticeira Amyla. Com a ajuda do mago Albergain, a garota e seus amigos Call, Hermes, Périgle, Mistice, Velkan e Sora darão início a uma batalha em busca da outra parte do objecto, na tentativa de restaurar o bem em Damantiham. No caminho, diversos imprevistos e reviravoltas aguardam por eles.




publicado por Andreia Torres às 22:23

Claudia Black

08.06.13

 

publicado por sá morais às 01:29

Oroszlán Szonja Rajongói Oldal

03.06.13

publicado por sá morais às 01:22

Agatha de Assis - Melancolia

03.06.13

Melancolia - o livro

Antologia reunindo inúmeras crônicas de Agatha de Assis.

Lançamento em Maio.
Sinopse:


É uma antologia reunindo crónicas escritas como cartas. Sobre o comportamento humano diante de uma dor, de uma perda, de uma traição. Melancolia expressa o sentimento humano, tudo o que um dia alguém não ousou gritar ou falar. Além das crónicas, Melancolia vem com um diário. Para que o leitor também possa escrever o que sente… São cartas escritas na maior parte na primeira pessoa, de forma que consigam observar o desabafo nelas através da Melancolia sentida nas partes mais verosímeis de um indivíduo (a).

Introdução


melancolia é a forma mais profunda de demonstrarmos nossos sentimentos de intensa tristeza, raiva e abominação por conta daquilo que nos arrenega.
Mas existe outro modo de assistir a melancolia em cena. Aquele sentimento mais sensível que nos remete para baixo, pondo-nos a uma situação de puro torpor e decadência. Esse modo seria tirar proveito da sensibilidade que nos rodeia e amadurecermos quanto ao fato de sabermos que sem tristezas não há alegrias. Seria como um grande contraste entre o bem e o mal, o doce e o amargo, a luz e as trevas.
Essa parte melancólica que nos consome quando sentimos falta de algo que nunca tivemos, ou quando a “nostalgia” vira uma doença, onde tudo fica mais difícil de ser esquecido.
melancolia faz parte do ser humano, assim como cada órgão que possuímos. E a sensação de tê-la pode parecer simplesmente dolorosa, contudo, a felicidade só vem realmente quando a melancolia deixa de ser uma parte de si mesma. Onde podemos desfrutá-la enquanto habita em nosso interior de forma que possamos aprender com a dor, um modo de amadurecermos e nos amarmos da maneira que somos. De mostrar à luta do dia a dia que somos mais fortes; que possuímos uma garra inigualável. Que mesmo quando toda essa consternação vem desfrutando de nós, obtemos força naquilo que mais amamos para parti-la ao meio.
A forma de parti-la e resgatar sua essência ao mesmo tempo, não é nada mais e nada menos do que expressá-la de alguma maneira.
E comigo, funciona através da escrita. É escrevendo que consigo pôr para fora aquilo que incomoda a mim e a muitas pessoas queridas; das quais vejo suas dores nadarem em seus silêncios; e resolvo assim gritar por elas.
Pois pensando em toda essa melancolia que nos cerca, através de situações do nosso quotidiano, que resolvi reunir essas crónicas, fazendo-as únicas, acompanhadas de um diário. Onde você também poderá gritar suas dores e frustrações aqui, neste cantinho especial. Sinta como se todos o ouvissem... Entre em sintonia com a “Melancolia” – Crónicas entre o bem e o mal.

publicado por Andreia Torres às 00:23

...

01.06.13

Até ao final do ano conto trazer um livro de Ficção Científica para o mercado português. Ainda vou ponderar como, mas não duvidem que o farei. Alguém tinha de pegar no estandarte daqueles que estão farto de capas bonitinhas, personagens acéfalas e enredos de novela mexicana......



publicado por Andreia Torres às 23:58

Goor volta a estar disponível para venda em edição especial e limitada

01.06.13

Sete anos depois, o romance épico "Goor - A Crónica de Feaglar", volume I está novamente disponível!

 

PONTOS DE VENDA:

 

BUBOK

LIVRO

custo: cerca de 16 euros - incluindo despesas de envio (economy) para PORTUGAL

          cerca de 52 reais - incluindo despesas de envio (economy ) para o BRASIL

 

*Pode também contactar directamente o autor: noctis2006@sapo.pt

 

EBOOK

custo: 5 euros/R$12.02 

 

 

 

 

 

 “Lembro que cando rematei de lér a segunda novela de Pedro Ventura (Goor II – A Crónica de Feaglar, aló polo 2007) puiden dicir sen temor ao ridículo que viña de rematar a millor novela de xénero fantástico da miña vida. Aquela novela era o cabo a unha história de coraxe, aventuras e humanidade que tan só facían desexar lér mais e mais (…)”

 

NOVA FANTASIA (GALIZA - ESPANHA)

 


"Enquanto leitor senti-me verdadeiramente sugado pela história levando a que consumisse cada pequeno passo da narrativa de forma deliciosa...Tem todos os ingredientes: acção, intriga, romance... Se gosta do género, vai adorar este livro. Eu já vou a meio e estou a adorar! A história é fluida e interessante, tendo lugar num mundo imaginário, onde o valor humano tem um papel muito importante. Quem não comprar este livro não sabe o que perde..."

GALEONDI - YAHOO (BRASIL) 

 

"Goor - As Crónicas de Feaglar I & II são obras inigualáveis. A primeira coisa em que pensei quando terminei de os ler foi "Uau, nunca pensei que houvesse uma obra destas, muito menos escrita por um autor português". (...) Desde cedo entramos num mundo completamente novo. E, apesar de estas duas obras serem classificadas no género Fantástico, desenganem-se se pensam que vão encontrar os seus elementos típicos como fadas, gnomos, elfos, anjos ou vampiros ou o que quer que vos possa passar pela cabeça. Aqui, temos a humanidade dura e crua, onde cada pensamento e acção têm uma intensidade nunca antes expressas desta forma."


SOFIA TEIXEIRA - BLOG MORRIGHAN (PORTUGAL)


 

 

publicado por Andreia Torres às 23:49

Mariana Lucera - Autora (nova parceria)

01.06.13

 

A aurora brasileira (nascida em Pontal-interior de São Paulo) e jornalista Mariana Lucera, anunciou a data de lançamento do seu livro “O Medalhão Mágico” publicado pela editora Ársis.

 

“O Medalhão Mágico” é o primeiro livro de uma saga que se divide em quatro:
1-O medalhão mágico;
2-A cidade perdida;
3-O guardião.
O terceiro título ainda é provisório e o quarto livro ainda sem título, está sendo escrito.
Sinopse: O que era apenas uma viagem de férias para a mansão de uma tia solitária, em Londres, acaba por se desdobrar em uma grande aventura para Emily Dismorri. Investigando o desaparecimento de sua prima, Lindsay, que sumiu naquele local há anos, Emy se depara com um portal que a leva para Damantiham. Lá, a garota começa uma jornada que lhe trará descobertas impressionantes sobre o seu passado, ao mesmo tempo em que ela precisará se esforçar para garantir o seu futuro. 

 

De posse da metade de um medalhão mágico, Emy faz amizades e se vê envolvida em uma disputa que há muito assola o reino, dominado pela poderosa e malévola feiticeira Amyla. Com a ajuda do mago Albergain, a garota e seus amigos Call, Hermes, Périgle, Mistice, Velkan e Sora darão início auma batalha em busca da outra parte do objeto, na tentativa de restaurar o bem em Damantiham. No caminho, diversos imprevistos e reviravoltas aguardam por eles.

publicado por Andreia Torres às 23:32

pesquisar

 

comentários recentes

mais comentados

arquivos

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

eXTReMe Tracker

Junho 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30