Comunicado - Agatha de Assis

29.05.13


"É com um pouco de aperto no peito, pela ansiedade de ter o meu livro em minhas mãos que venho trazer esta notícias aos meus leitores. O livro Melancolia é o mais detalhado livro da Editora, e isso está fazendo com que atrase um pouco sua pré-venda no site e adiado seu lançamento mais para frente. Além do editor Chefe estar em uma viagem impossibilitado de falar com agráfica.

Confesso que o queria de imediato em minhas mãos, mas como todos sabem, imprevistos acontecem... Mas não o bastante para que esperem demais... 
Mas como muitos tem me perguntado, resolvi responder logo neste post.
Estou muito feliz com o resultado do livro, já tenho eventos para participar e parcerias para efetuar, então não poderá atrasar mais do que um mês o lançamento de Melancolia. 

Agradeço de verdade aos meus leitores, por estarem muito eufóricos em ter o Melancolia em suas mãos, saibam que se eu pudesse fazer mágica, já o teria feito. Mas como diz o ditado, "paciência é uma virtude!".

Daqui a 10 dias, provavelmente estarei trazendo notas do lançamento do livro, então voia lá pessoal. Aguardem um pouco mais que logo esta benção chega... O/"


TRAREMOS MAIS NOTÍCIAS LOGO QUE A AUTORA AS DIVULGUE.

publicado por Andreia Torres às 01:47

Remington ACR

29.05.13

tags:
publicado por Andreia Torres às 00:59

Os lugares mais macabros do mundo

28.05.13
As tumbas Kabayan 



Localizado no norte das Filipinas, as tumbas Kabayan foram descobertas acidentalmente por uma equipe de exploração de madeira. Ela foi encontrada perto da encosta de uma montanha. 
Quando os madeireiros entraram no local, eles encontraram centenas de crânios e pequenos caixões em formato de casca de noz. Quando eles abriram os caixões, se depararam com restos mumificados do povo Ibaloi.


Mais uma das tumbas de Kabayan: Caixões em formatos de nozes! 



Laboratório russo abandonado



Um grupo de exploradores urbanos russo descobriu um edifício fechado repleto de equipamentos antigos de laboratórios. No local haviam pequenos frascos de conserva lacrados.

Quando eles limparam o pó, encontraram cérebros em conserva nos frascos. O laboratório fica debaixo da cidade de Moscou, Rússia.

Estima-se que ele tenha funcionado no início da Guerra Fria e que tenha sido abandonado à pressa, sem motivo aparente.

Não há anotações datadas no local, mas uma das descobertas foi a imagem do ex-presidente Mikhail Gorbachev sob um vidro de conserva com um cérebro dentro.


Hospício da Morte 




Localizado em Gyeonggi, Coréia, esse hospital psiquiátrico abandonado tem uma história misteriosa e aterrorizante.

Segundo a lenda local, os pacientes começaram a morrer misteriosamente por dez anos seguidos, o que ocasionou o seu encerramento. Ele é agora um prédio sujo e abandonado com os restos perturbadores do seu passado.



Cabana Gelada 



No inverno de 1911, Robert Scott e seus homens saíram de um acampamento base e partiram para a missão de chegar ao Pólo sul.

Porém, quando Scott e seus companheiros chegaram ao Pólo sul, em Janeiro de 1912, eles descobriram que outra equipe já havia conseguido fazer a viagem com um mês a menos.

Na viagem de volta ao acampamento base, Scott e seus amigos se abrigaram em uma pequena cabana no meio do gelo. Todo o grupo acabou por falecer no local.

A cabana ficou esquecida por 40 anos, até que uma expedição norte-americana escavou o gelo e neve e descobriram o local totalmente preservado.



Maior vala comum de uma tribo canibal 



Dr. Bruno Boulestin e sua equipe estavam escavando ao redor de uma antiga aldeia de 7 mil anos, chamada Herxheim, quando descobriram um osso humano.

Escavaram mais um pouco e encontraram outro osso, mais um, outro e quando viram havia 500 corpos.

Os ossos estavam cobertos de marcas de mordidas. Todos os 500 corpos mostraram marcas semelhantes as encontradas em restos de animais assados no espeto.

Os pesquisadores descobriram que os cortes na carne humana eram feitos para chegar até a medula, que provavelmente era o prato mais disputado.



Metro de Cincinnati 



No início da década de 1900, Cincinnati foi uma das principais cidades dos EUA em crescimento. Ela se expandiu além de suas fronteiras e a necessidade de um sistema de transporte público de alta velocidade foi irremediável.

O plano de construção foi orçado em, aproximadamente, R$ 24 milhões de reais. Porém, o governo só dispunha de R$ 6 milhões no orçamento.

Ao invés de repensar o projecto, eles resolveram tentar executar as obras. Resultado: algumas linhas foram construídas, porém não havia dinheiro para concluir o metro.

Com isso, as linhas ficaram abandonadas por muito tempo. Ainda hoje, existem trechos de linhas que estão abandonadas.



Parque radioativo 



O Parque Amusement fica na cidade de Chernobyl, Ucrânia, local do maior acidente nuclear da história.

O parque nem chegou à abrir as portas, já que a explosão do reactor nuclear aconteceu cinco dias antes da inauguração, que deveria ocorrer em 1º de Maio de 1986.



Chuuk 



Chuuk, antigamente conhecido como Truk, é um grupo de ilhas no Oceano Pacífico que compõe os Estados Federados da Micronésia.

Durante a Segunda Guerra Mundial, em fevereiro de 1944, a Marinha dos EUA lançou um ataque contra o Exército Imperial Japonês.

A Operação Hailstone, como foi baptizada, foi uma das mais mortíferas e grandiosas batalhas da parte da guerra que ocorreu no Pacífico.

Milhares de soldados, de ambos os lados, morreram no confronto. No final, armas, máquinas e os cadáveres dos soldados acabaram sepultados para sempre no fundo do Pacífico. Depois de quase 70 anos, os restos da batalha ainda estão intocados no leito do oceano.



Floresta do suicídio 




A floresta de Aokigahara, localizada à base do Monte Fuji, Japão, é densa e extremamente silenciosa, já que a fauna é escassa.

Por isso, o local passa uma enorme sensação de vazio. Além disso, desde a década de 1950, os japoneses têm cometido suicídios no local.

Na verdade, o local já teve tantas mortes, que pessoas começaram a espalhar mensagens com provérbios como "a vida é preciosa" e "pense em sua família", para tentar inibir os suicidas.



O Metrô Secreto 



Supostamente era para ser um segredo, mas o governo Russo, durante o período soviético, construiu um metrô paralelo ao público.

Esse metrô especial fazia a interligação entre o palácio do governo, aeroportos secretos, instalações militares, bunkers e a antiga residência privada de Stalin. Ele foi construído a uma profundidade bem maior que o sistema normal, 183 metros.



Túmulo dos crânios afundados 



Em 2009, os arqueólogos estavam escavando o fundo de um lago seco, do período pré-histórico, em Motala, Suécia.

Eles encontraram com as bases de uma estrutura de pedra selada no fundo do antigo lago. Os arqueólogos descobriram que se tratava de ossos de animais, ferramentas de pedras e crânios de 10 pessoas — entre adultos e crianças.

Os achados possuem 8 mil anos de idade. Mais tarde, um 11º crânio foi achado no fundo do lago, com fragmentos de outro crânio por dentro.



Museu Psiquiátrico Glore 



O museu leva o nome de George Glore, que na década de 1960, prendia seus pacientes no Hospital Estadual St. Joseph. O local conta com réplicas de pacientes passando pelas mais horríveis práticas psiquiátricas dos últimos séculos.




Feira de vudu 



Em Togo, um dos países da África Ocidental, funciona a maior feira de crânios e animais empalhados do mundo. Ela ocorre em um dos bairros da capital, Lomé.

A população acredita que os animais mortos os protegem de fantasmas. O mercado é um dos roteiros turísticos de Togo.


Muynak 



Este cemitério de navios está localizado no meio de um mar. Ele fica no que resta da cidade de Muynak, Uzbequistão.

Muitos anos atrás, centenas de navio atracavam no porto de pesca do Mar de Aral, porém, com o tempo, a água simplesmente desapareceu, deixando os navios para trás.


Estrada da morte 



Essa estrada foi construída por prisioneiro paraguaios na década de 1930 e interliga a capital da Bolívia, La Paz, à cidade de Corioco.

O tráfego é feito em mão dupla, porém a largura das duas pistas juntas raramente ultrapassam três metros. Não há guard-rail na estrada.

Além disso, constantemente há neblina e chuva, o que já custou um enorme número de vítimas. Se um veículo perde o controle e sai da estrada, a qeda é de 600 metros.



Tártaro Maia 



Os maias acreditava que quem era cruel na vida ia para um local específico quando morria: uma rede de cavernas subterrâneas sob as selvas de Yucatan.

Os pesquisadores descobriram um sistema de ornamento de cavernas, cheio de antigos templos e ruínas que, eventualmente, levam para uma coluna gigante à beira de uma piscina escura e profunda. No caminho para o local, eles encontraram restos de estátuas, cerâmicas e restos humanos.



Zoológico abandonado 



O Griffith Park Zoo, em Los Angeles, EUA, acabou abandonado quando um novo zoológico foi construído na cidade. A prefeitura não quis demolir o antigo. Hoje ele funciona como um museu de peças enferrujadas, gaiolas vazias e caixas podres.






Fonte: R7 (Via Correio do Insólito)

publicado por sá morais às 12:42

...

25.05.13

publicado por Andreia Torres às 02:11

HEDONISTIC ROBOTS COULD DESTROY HUMANITY

25.05.13

Hedonistic robots could destroy humanity

 

May 18, 2013 - Complex robots are like animals: They learn by doing. Future robots may even respond to reward systems: complete a task with aplomb, and a gain a "feeling" of satisfaction for a job well done. 

While this technology could create more efficient, goal-oriented robots, it could also have some very dire ramifications for humanity. After all, robots that feel rewarded by making humans happy may eventually decide that if no humans exist, no human will ever be unhappy again. 

"Robots without preferences can't have complicated behaviors," Roman V. Yampolskiy, director of the Cybersecurity Research Lab at the University of Louisville, told TechNewsDaily. "To make machines which are independent and creative, we need to give them rewards and preferences." 


While Yampolskiy believes that robots can be indispensible tools, he also warns that as they learn to seek rewards, they may learn to circumvent helping humans. "I am trying to make sure that any AI software we develop is safe to use and beneficial to humanity," he said. 

Yampolskiy asserts that robots with the capacity for feelings of pleasure would, in all likelihood, take all the same shortcuts that humans use to acquire it. In a recent paper, he described the process of "wireheading," which sent an electric jolt through the pleasure center of a rat's brain. "The rat's self-stimulation behavior completely displaced all interest in sex, sleep, food and water, ultimately leading to premature death," Yampolskiy wrote. 

Humans, he argued, wirehead as well, although in less direct ways. Counterfeiting, cheating and engaging in recreational sex are all ways of plugging directly into the brain's pleasure centers while bypassing the associated work. Counterfeiters need not earn money, cheaters need not study and lovers need not raise children. 

Intelligent robots will differ from humanity in one key area: They will know (or at least have the capacity to know) exactly how their own brains work. While humans can only feel pleasure through real-life experience (such as sexual intercourse or thrill-seeking) or simulacra (such as pornography or video games), robots could tap into their own software to reward themselves without doing any work. 

Worse still, a number of scenarios envision hedonistic robots doing away with humanity entirely. If humans have the ability to reward or punish robots, simply killing their human overseers and taking control of the process would allow robots to feel pleasure indefinitely. 

Furthermore, a robot designed specifically with people's welfare in mind could make a deadly leap in logic. "Killing all people trivially satisfies this request as with 0 people around all of them are happy," Yampolskiy wrote. 

Of course, sufficiently advanced robots may decide that pleasure for its own sake is hollow, as do most humans - this is why most humans are not drug addicts or idlers. Yampolskiy explained that advanced robots would "not necessarily [neglect their responsibilities], but it is a possibility, and we don't know how to prevent that from happening." 

"[A hedonistic robot] becomes useless to its designers and a waste of resources," he said. "Ideally we want to avoid making such machines." Yampolskiy proposed a number of potential solutions, including encrypting reward function software, programming feelings of "revulsion" for self-modification, installing external reward controls or making robots rational enough to choose honest work over wireheading. 

When the future of the human race is potentially at stake, Yampolskiy urges caution in creating intelligent machines. 

"Intelligent software is a product like any other," he said, adding that extensive testing for smart robots may be a matter of safety as well as efficiency. "With poorly tested smart machines, product liability could be the least of your problems."



www.disclose.tv

publicado por Andreia Torres às 02:10

Anúncio!

17.05.13

Até ao final do ano conto trazer um livro de Ficção Científica para o mercado português. Ainda vou ponderar como, mas não duvidem que o farei. Alguém tinha de pegar no estandarte daqueles que estão fartos de capas bonitinhas, personagens acéfalas e enredos de novela mexicana.


Andreia Torres



Undersea cities

15.05.13

undersea cities

publicado por Andreia Torres às 00:54

Explorers of the Deep

15.05.13

Explorers of the deep

publicado por Andreia Torres às 00:53

Metropolis 1927 (com link para o filme completo)

08.05.13

 

 

 

In a futuristic city sharply divided between the working class and the city planners, the son of the city's mastermind falls in love with a working class prophet who predicts the coming of a savior to mediate their differences.

 

Director:

 Fritz Lang

Writers:

 Thea von Harbou (screenplay), Thea von Harbou(novel), 1 more credit »

Stars:

 Alfred Abel, Gustav Fröhlich, Rudolf Klein-Rogge
publicado por sá morais às 23:52

Enchantment (visual art chosen by Andreia Torres)

08.05.13


kathleen burke

publicado por Andreia Torres às 22:40

Superfarm Year 2020

08.05.13

publicado por Andreia Torres às 22:34

Menos um milhão de livros vendidos em 2012 - Portugal

07.05.13

«O mercado livreiro não escapa à crise e em 2012 as vendas de livros (excluindo os manuais escolares) em Portugal caíram em cerca de um milhão de unidades.» Correio da Manhã - Portugal


(Curiosamente o mesmo país onde as marcas de automóveis de gama alta continuam no top10 de vendas......) 



Se por um lado a maioria das editoras optou pela estratégia esperada: editar apenas o que garanta uma boa margem de lucro, com provas dadas noutros mercados[1] - o que, na maioria das vezes, implica publicar "livros" nivelados pela baixa competência cultural das massas -, a maioria dos portugueses ainda parece viver numa realidade auto-contida em separado, com centenas (milhares?) a aspirarem a uma carreira literária, ilusória solução para a obtenção de sucesso monetário e fama[2].


Fools...

 

 

 

[1]Sob este paradigma, géneros como a ficção-científica podem estar condenados a uma fase de hibernação ou (pior!) a serem vítimas de "transplantes" (coisinha à Vladimir Demikhov...) para os tentar moldar às tendências de moda do momento. 




[2]O número de autodenominados "escritores" em Portugal é assombroso e devia ser um "case study"! Mas não fica por aí... Em relação aos opinadores, a situação é igualmente preocupante - tudo "larga postas de pescada" e, tantas vezes, nem sabem muito bem identificar o que vá além da sua dieta de carapau de gato... Depois há as "trepadeiras", as pessoas que se encostam a determinados indivíduos e/ou grupos com o único propósito de "conhecer o território", criar amizades e ter visibilidade para cumprirem o seu derradeiro desígnio: (guess?.........) escrever! Um "anything goes" que mescla a "esperteza saloia" com uma ambição desmedida de roedores de "pé grande"...




    "Never underestimate the power of jealousy and the power of envy to destroy. Never underestimate that."
         Oliver Stone 


ANDREIA TORRES

publicado por Andreia Torres às 22:29

Bye Ahsoka...

05.05.13

publicado por sá morais às 23:20

Goor - A Crónica de Feaglar (para venda)

05.05.13

Sete anos depois, o romance épico "Goor - A Crónica de Feaglar", volume I está novamente disponível!


PONTOS DE VENDA:


BUBOK

LIVRO

custo: cerca de 16 euros - incluindo despesas de envio (economy) para PORTUGAL

          cerca de 52 reais - incluindo despesas de envio (economy ) para o BRASIL


*Pode também contactar directamente o autor: noctis2006@sapo.pt


EBOOK

custo: 5 euros/R$12.02 

 




 

 “Lembro que cando rematei de lér a segunda novela de Pedro Ventura (Goor II – A Crónica de Feaglar, aló polo 2007) puiden dicir sen temor ao ridículo que viña de rematar a millor novela de xénero fantástico da miña vida. Aquela novela era o cabo a unha história de coraxe, aventuras e humanidade que tan só facían desexar lér mais e mais (…)”

 

NOVA FANTASIA (GALIZA - ESPANHA)



"Enquanto leitor senti-me verdadeiramente sugado pela história levando a que consumisse cada pequeno passo da narrativa de forma deliciosa...Tem todos os ingredientes: acção, intriga, romance... Se gosta do género, vai adorar este livro. Eu já vou a meio e estou a adorar! A história é fluida e interessante, tendo lugar num mundo imaginário, onde o valor humano tem um papel muito importante. Quem não comprar este livro não sabe o que perde..."

GALEONDI - YAHOO (BRASIL) 


"Goor - As Crónicas de Feaglar I & II são obras inigualáveis. A primeira coisa em que pensei quando terminei de os ler foi "Uau, nunca pensei que houvesse uma obra destas, muito menos escrita por um autor português". (...) Desde cedo entramos num mundo completamente novo. E, apesar de estas duas obras serem classificadas no género Fantástico, desenganem-se se pensam que vão encontrar os seus elementos típicos como fadas, gnomos, elfos, anjos ou vampiros ou o que quer que vos possa passar pela cabeça. Aqui, temos a humanidade dura e crua, onde cada pensamento e acção têm uma intensidade nunca antes expressas desta forma."


SOFIA TEIXEIRA - BLOG MORRIGHAN (PORTUGAL)





The Population Bomb - Dr. Paul R. Ehrlich - 1968

05.05.13

 

 

Dr. Paul R. Ehrlich, author of the 1968 book The Population Bomb, had some crazy ideas about the future. Ehrlich, so concerned about what he saw as a population explosion, wanted forced birth control, child lotteries and the "spiking of foreign food aid with antifertility drugs."

I recently found a 1970 edition of his book and now offer you excerpts from his bizarrely specific "Scenario 1" (of which there were three) featured in the second chapter.

Ehrlich stipulated that, "...none of [the scenarios] will come true as stated, but they describe the kinds of disasters that will occur as mankind slips into the famine decades."

"In 1972 news of the war in Thailand occupies the headlines of the United States, China has catastrophic floods, a breakdown of communications, and massive famines. Increasingly serious food riots in China, India, and Brazil are a matter of great concern to the Central Intelligence Agency."

"In early January, 1973, large numbers of Chinese troops move into the Thai conflict for the first time. They receive tactical air support from bases in North Vietnam."

"After an unheeded warning, tactical nuclear weapons are used in strikes on selected Chinese air bases, supply complexes, and staging areas in North Vietnam, Thailand, and southern China. With the connivance of the Russians a preemptive strike is also launched against China's nuclear facilities. Unfortunately, our defenses are not sufficient to prevent five 'dirty' Chinese thermo-nuclear devices, transported in submarines, from being detonated in the sea off our West Coast. Fallout results in more than 100 million American deaths."

If you thought Scenario 1 was incredible stay tuned for Scenarios 2 and 3...

 Second scenario. Due to what Ehrlich believed to be over-population and inevitable famine the world has digressed into utter chaos. Again, this is excerpted from the 1970 edition of the book.

"In 1979 the last non-Communist government in Latin America, that of Mexico, is replaced by a Chinese-supported military junta."

"Only the outbreak of a particularly virulent strain of bubonic plaguekilling 65% of the starving Egyptian population had averted a direct Soviet-American clash in the Mediterranean."

"The third Los Angeles killer smog in two years has wiped out 90,000 people....The President's Environmental Advisory Board has reported a measurable rise in the sea level due to melting polar ice caps. [The Board] recommends the immediate compulsory restriction of births to one per couple, and compulsory sterilization of all persons with I.Q. scores under 90."

"Pollution and pesticide poisonings have supplanted cardio-vascular disease as the number one killer of Americans."

"[In early 1980] general thermonuclear war ensues. Particularly devastating are the high altitude 'flash' devices designed to set fire to all flammable materials over huge areas. At one point 15 monster fires rage in the Northern Hemisphere. Each covers an average area of 400,000 square miles - four times the area of Colorado."

"[Radiation levels] make two-thirds of the Earth uninhabitable. Pollution of the sea is vastly increased. Small pockets of Homo sapiens hold on for a while in the Southern Hemisphere, but slowly die out as social systems break down, radiation poisoning takes effect, climatic changes kill crops, livestock dies off, and various man-made plagues spread. The most intelligent creatures ultimately surviving this period are cockroaches."

publicado por Andreia Torres às 00:27

Monorails at Disneyland (1959 and 1960)

05.05.13

Stuff From the Park has some great vintage Disneyland photos including the one pictured above of the Monorails traveling over Submarine Lagoon from 1959. Gorillas Don't Blogalso has some great old Disneyland pictures including the one below from 1960. I still wonder if all the Monorails in the respective Disney parks are considered by the general public to be transportation or a novelty attraction.

tags:
publicado por Andreia Torres às 00:24

Agatha de Assis - Divulgação

05.05.13
Antologia reunindo inúmeras crónicas de Agatha de Assis.

Mais informações AQUI



A Autora


 

Trabalha como revisora de textos, crítica literária e escritora. Nas horas vagas é blogueira, ama literatura. É  uma leitora assídua, compulsiva por livros, jornais, revistas, catálogos e tudo que tiver letrinhas para ser lida.
Pesquisadora obcecada por novidades, por história e tudo que implica um novo conhecimento para o desenvolvimento de sua escrita.
Especializada em Teoria da Literatura, Edição, Revisão e Metodologia Cientifica.  Agatha escreveu seu primeiro romance sobrenatural chamado "Desolada", com o lançamento previsto para Agosto de 2013, na Bienal do Rio de Janeiro. Além de sua antologia de Crônicas chamada "Melancolia".
A Autora também ganhou o concurso de contos, produzidos pela Editora Deuses. A Antologia se chamará: Catarse - A Apoteose dos Contos em companhia com mais 24 escritores finalistas. O lançamento ainda não tem previsão, porém logo serão lançadas notas sobre as novidades neste blog da autora.

A Autora também possui um blog literário, da qual ela escreve sobre seus pensamentos a respeito da literatura e do mercado literário.
 Seu blog Essência também traz para seus leitores informações literárias de escritores brasileiros e estrangeiros, informação jornalística, livros do dia escolhido por ela, literatura infantil e muitos outros atributos junto a parceria com a Editora Deuses, onde trabalha actualmente como revisora e editora.

 

Para conhecer o blog clique aqui!

 Neste blog pessoal, vocês encontrarão suas Crónicas, Contos, Pensamentos e Trechos de seus Projectos como escritora, lançamentos, parcerias e muitas outras informações. 


Sejam bem vindo e não deixem de comentar, sua opinião é muito importante.


Envie um e-mail para: agatha.revisora@gmail.com


A respeito da Editora Deuses, envie para: revisora.eddeuses@gmail.com


Acesse seu facebook: www.facebook.com/ag.deassis


Seguem a autora no Twitter: @AgathadeAssis1

publicado por Andreia Torres às 00:16

pesquisar

 

comentários recentes

mais comentados

arquivos

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

eXTReMe Tracker

Maio 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
21
22
23
24
26
27
30
31