Natal 2011 - Regresso dos Deuses - Rebelião (Editorial Presença)

06.12.11

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não deixe para a última as suas compras de Natal! Este ano ofereça livros! Ofereça o livro Regresso dos Deuses - Rebelião, um romance épico nacional que tem vindo a conquistar o público!

 

 

 

À venda nas principais livrarias e online nos seguintes sites:

 

 

 

 

 

 

FNAC (envio grátis e desconto para aderentes)


 

EDITORIAL PRESENÇA  

 

           

 

 

 

 

EDITORIAL BERTRAND (desconto de 10%)

 

 

 

 

 

 

 

 

Marte - possibilidade da existência de grande quantidade de água

06.12.11
Segundo agência, registros indicam presença de água subterrânea em Marte


A Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) informou na sexta-feira que imagens feitas nesta semana por sua sonda Mars da cordilheira Phlegra Montes apontam para a existência de grandes quantidades de água sob a superfície de Marte, que poderiam abastecer as futuras missões tripuladas a esse planeta.

De acordo com a ESA, as imagens permitem observar de perto a cadeia montanhosa e constatar que praticamente todas as suas montanhas estão rodeadas por "leques de detritos em formas de lobo", que morfologicamente são muito similares aos acúmulos de detritos que cobrem as geleiras na Terra.

"Este fato sugere que talvez existam geleiras enterradas sob a superfície de Marte nesta região", apontou a agência em seu site.

A ESA insistiu que as observações por radar provam que a presença de tais leques de detritos - estruturas arredondadas que aparecem com frequência em torno de planaltos e montanhas da região - está quase sempre relacionada com a existência de água em estado sólido sob a superfície, "às vezes a apenas 20 m de profundidade".

Segundo a organização, "as crateras de impacto nos arredores de Phlegra apresentam marcas que indicam uma recente atividade glacial na região".

As teorias apontam que as cristas desse sistema montanhoso se formaram quando as crateras mais antigas se encheram de neve e, com o passar do tempo, foram se solidificando.Link

Além disso, a ESA explicou que estas geleiras se originaram em épocas distintas ao longo das últimas centenas de milhões de anos, quando o eixo polar de Marte era muito diferente do atual e, consequentemente, também o eram as condições meteorológicas na região.

"Todos estes indícios sugerem que poderia haver grandes quantidades de água oculta sob a superfície de Marte na região de Phlegra" e, "se assim for, essas grandes reservas poderiam abastecer os futuros astronautas que explorem o planeta vermelho", concluiu.

publicado por sá morais às 12:34

Estudante avista OVNI em Leiria

06.12.11

Objecto Voador Não Identificado foi observado por pai e filho em Leiria. Jovem estudante de 20 anos fala de "um objecto que só se deslocava na horizontal e quando se inclinava parecia ser achatado". O mesmo reflectia uma luz "muito intensa e inclinava-se de segundo em segundo"

Um novo relato sobre o avistamento de um Objecto Voador Não Identificado (OVNI) volta a colocar Leiria na 'rota' dos muitos testemunhos sobre a observação de OVNIS na região. "Vi um objecto que parecia que reflectia a luz do Sol. Era muito intensa e inclinava-se de segundo em segundo".
O testemunho de Diogo Valente, de 20 anos, ao Diário de Leiria, refere-se a uma observação que data das 11h40 da última quarta-
-feira, na cidade do Lis. O jovem, estudante na Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) de Leiria, deslocava-se com o pai, de carro, na Estrada Nacional 109 (EN109). Diogo Valente aponta que "o fenómeno" terá durado pelo menos 30 segundos, no trajecto que fizeram entre a rotunda de acesso aos Bombeiros Voluntários de Leiria, na freguesia de Marrazes, e a rotunda de acesso ao IC2, no sentido Norte-Sul.
tags: ,
publicado por sá morais às 12:30

Podem respirar de alívio... até à próxima! ;)

06.12.11

As previsões dos maias para dezembro de 2012 não se referem ao fim do mundo, mas ao retorno do deus Bolon Yokte, que voltaria ao término de uma era e ao começo de outra, segundo uma nova interpretação divulgada na quarta-feira pelo Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do México.

Os especialistas Sven Gronemeyer e Barbara Macleod, da Universidade da Trobe (Austrália), divulgaram uma nova interpretação das inscrições maias do sítio arqueológico de Tortuguero, durante a 7ª Mesa Redonda de Palenque, realizada no estado mexicano de Chiapas.

A data de 21 de Dezembro de 2012 citada nas inscrições do povo indígena maia gerou diversas especulações sobre supostas "profecias maias do fim do mundo", versão que foi rejeitada pelos arqueólogos e epigrafistas.

Segundo os especialistas, os maias criaram um calendário com base em um período de 400 anos, denominado Baktun. Cada era é composta por 13 ciclos de 400 anos, que somavam 5.125 anos, e, segundo a conta, a era atual concluiria em dezembro de 2012.

Gronemeyer explicou que, de acordo com a visão maia, no final de cada era, completava-se um ciclo de criação e começava outro. Nesta inscrição, menciona-se que 21 de Dezembro "seria investida a deidade Bolon Yokote", um deus vinculado à criação e à guerra, que participou do começo da actual era, iniciada em 13 de Agosto do ano 3.114 a.C.

O epigrafista alemão indicou que essa inscrição está ligada à história da cidade maia de Tortuguero, na qual se cita o governante Bahlam Ajaw (612-679 d.C.) como futuro participante de um evento do final da era atual.

O texto de caráter narrativo, segundo Gronemeyer, mostra que os governantes maias deveriam "preparar o terreno para o retorno do deus Bolon Yokte, e que o Bahlam Ajaw seria o anfitrião de sua posse".

Conforme este prognóstico, o deus Bolon Yokte presidiria o nascimento de uma nova era, que deverá começar em 21 de Dezembro de 2012, e supervisionaria o fim da era actual.

"A aritmética do calendário maia demonstra que o término do 13º Baktun representa simplesmente o fim de um período e a transição para um ciclo novo, embora essa data seja carregada de um valor simbólico, como a reflexão sobre o dia da criação", comentou Gronemeyer.

O epigrafista mexicano Erik Velásquez disse que, para os escribas maias, a história como uma narração de eventos humanos foi uma preocupação secundária. Eles se centravam nos rituais de qualquer tipo, por isso, "as inscrições mostram relações complexas entre o tempo, as esculturas e os prédios".

"Na antiga concepção maia, o tempo se construiu tal como as esculturas e os prédios que as continham, os períodos tinham consciência, vontade, personalidade e se comportavam como humanos", acrescentou Velásquez.


Fonte: UOL

publicado por sá morais às 12:15

UFO 1970

04.12.11

 

 

*Com a beleza de Wanda Wentham

publicado por sá morais às 22:17

Curtas por Andreia Torres: O Homem do Castelo Alto de Philip K. Dick

03.12.11

 

Precedido por distopias como The Sound of His Horn ( década de 50 ), Philip K. Dick cria uma obra de uchronie baseada na perturbadora hipótese de as forças do Eixo terem saído vencedoras do último conflito bélico mundial. Esta conjectura não tem nada de aberrante para quem sabe um pouco de História do Séc. XX. O palco principal do enredo será os US, divididos pelos dois “pesos-pesados” – Japão e Alemanha. O what if relacionado com o regime Nazi gera sempre fascínio, por muito que se deteste a doutrina que o suportou, por este estar associado não só a uma certa aura mística como também a um grau de desenvolvimento tecnológico que, a ter tido continuidade, teria sido certamente capaz de superar o “real” – o autor não negligencia estas enormes oportunidades. Obra complexa e com bastante profundidade ( arrisco mesmo o termo existencial ), incide sobre a vida nessa América ocupada, sem descurar detalhes que acabam por dar ainda mais condimento à história, caso se entenda correctamente o seu contexto e utilização – ler este livro sem conhecer minimamente as décadas de 30 e 40 poderá mesmo não resultar! Mas há algo mais por detrás desse relato – A percepção do que é realmente real e uma ideia de real but wrong (1) e que esse wrong tende sempre a encarrilar novamente no caminho correcto. Dick consegue até colocar a “alternativa dentro da alternativa”! “The Grasshopper” tem muito que se lhe diga! Quanto ao tão criticado final, não me parece que seja apenas uma excentricidade em voga (como diferença) na literatura da época. Não creio que fosse essa a intenção. Haveria tanto para dizer sobre esta obra mas o perigo dos spoilers, neste momento de lançamento nacional, remete-me ao silêncio. Aconselho aos apreciadores do género e não só!

pesquisar

 

comentários recentes

mais comentados

arquivos

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

eXTReMe Tracker

Dezembro 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31