Goor - A Crónica de Feaglar

29.11.09

Enquanto leitor senti-me verdadeiramente sugado pela história levando a que consumisse cada pequeno passo da narrativa de forma deliciosa...
"Tem todos os ingredientes: acção, intriga, romance... Se gosta do género, vai adorar este livro. Eu já vou a meio e estou a adorar! A história é fluida e interessante, tendo lugar num mundo imaginário, onde o valor humano tem um papel muito importante. Quem não comprar este livro não sabe o que perde..."

 

 

Por Galeondi

publicado por sá morais às 19:50

DAGON passa a Papel!

17.11.09

É com muito prazer que vos informo que existem conversações avançadas para que o número um da Dagon seja uma realidade em papel. Não posso revelar qual será a editora por enquanto, apenas o farei quando o contrato for assinado.

Podem esperar uma revista melhor que o número experimental, com uma revisão intensa. Contudo a linha editorial continuará semelhante ao número zero, visto que a editora interessada me oferece todo o controlo sobre a edição e publicação. Posso desde já revelar que pretendo uma revista com as várias secções já existentes: música, conto, poesia,artigo, cinema e desenho. Estão também pensados números temáticos, dedicados em exclusivo a certos géneros do fantástico. Deste modo estão ABERTAS AS SUBMISSÕES para a Dagon em qualquer uma destas áreas. Convém que submetam os vossos trabalhos o mais rapidamente possível. Desde já posso afirmar que serão feitos contratos com todos os autores para que os mesmos sejam protegidos quanto aos direitos de autor e não só. Considero este um aspecto imprescindível e não trabalharei nunca de outra forma. Quanto ao primeiro número, ainda não poderá ser oferecida remuneração aos autores participantes, neste sentido constará no contrato que não existe cessão de direitos de autor, apenas uma autorização de utilização do trabalho no número da revista.

Quanto às submissões devem obedecer às seguintes regras:

Conto: Mínimo de mil palavras, máximo de quatro mil; Deve ser um conto de literatura fantástica, de qualquer género ou subgénero como a fantasia épica, o realismo mágico, a ficção científica, o terror, a história alternativa e os demais; Devem ser originais; devem apresentar um português correcto;

Poesia: Deve conter elementos de literatura fantástica.

Trabalho gráfico: Deve enquadrar-se nas temáticas do fantástico, pode ser desenho, desenho digital, montagem ou fotografia.

Literatura/artigos de opinião/ Críticas: Os artigos devem debruçar-se sobre os temas do fantástico, devem ser originais e inovadores. Máximo de duas mil palavras. Será entendido como crítica literária o texto de opinião sobre uma determinada obra de literatura fantástica; Máximo de mil palavras.

Cinema: podem enviar críticas a filmes do fantástico; máximo de mil palavras

 

Roberto Bilro Mendes

 

tags:
publicado por sá morais às 23:33

Divulgação: DE OUTROS MUNDOS - Os Portugueses e os Extraterrestres

17.11.09

Textos inéditos e fundamentais sobre Os Outros Mundos
Ao longo do século XX, milhares de portugueses confrontaram-se com o inesperado
e o desconhecido, vindos de algures. Cerca de 800 “encontros” súbitos, por vezes traumáticos, com “luzes” e objectos voadores vindos de algures, mas também com seres insólitos, estranhos, aparentemente pouco humanos...
Dos arquivos do CTEC – Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência,
da Universidade Fernando Pessoa, revela-se finalmente um retrato de “corpo inteiro” do ideário Extraterrestre, tal como foi sendo vivido entre nós, as suas experiências incríveis e as visões celestes” protagonizadas por cidadãos comuns.
Um estudo único participado por experimentados investigadores e teóricos nacionais
que se juntaram num projecto singular. Da antropologia à física, passando pela psicologia e a religião, variadas são as propostas de leitura e interpretação destas caprichosas “observações” e dos eventuais agentes que as provocam.
Esta antologia, a primeira no seu género, em língua portuguesa, elaborada
por uma vasta equipa de académicos nacionais, propõe-nos uma digressão por “outros mundos” que se atravessaram, subitamente, no quotidiano normal de pessoas normais.
Uma visita guiada pela mão de especialistas, de diferentes disciplinas aos conceitos, ideias e imagens geradas em Portugal durante um século.

De onde procedem estas “aparições” de fenómenos extraordinários que, durante décadas, espantaram e muitas vezes confundiram cidadãos de todas a idades e condições sociais em toda a geografia do território nacional? Um grande inquérito a um verdadeiro “mito” vivo: a ideia do Outro além de nós. Que origens, que evolução, que modelos foi revelando esse imaginário ET como parte integrante da nossa cultura contemporânea?

Joaquim Fernandes - professor na Universidade Fernando Pessoa e co-fundador do Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência (CTEC). É licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, e mestre em História Moderna. Doutorou-se em História, com a tese “O Imaginário Extraterrestre na Cultura Portuguesa – do fim da Modernidade até meados do século XIX”, a primeira no seu género a ser apresentada numa universidade portuguesa e europeia.
Autor de várias obras de investigação histórica, é co-editor da revista anual Cons-Ciências, e publica na Imprensa diária centenas de artigos referentes à Cultura Científica, tendo coordenado em 2008, a série televisiva “Encontros Imediatos” para a RTP 2, a primeira realizada no nosso país sobre a Cultura ET.

 

publicado por sá morais às 10:52

Heróis - Giordano Bruno

17.11.09

 

Giordano Bruno (Nola, 1548 — Roma, Campo dei Fiori, 17 de fevereiro de 1600) foi um teólogo, filósofo, escritor e frade dominicano italiano, condenado à morte na fogueira, pela Inquisição romana (Congregação da Sacra, Romana e Universal Inquisição do Santo Ofício), por heresia. É também referido como Bruno de Nola ou Nolano.

Filho do militar João Bruno e de Flaulissa Savolino, seu nome de batismo era Filippo, tendo adotado o nome de Giordano quando ingressou na Ordem Dominicana (no convento de Nápoles em 1566). Lá, estudou profundamente a filosofia de Aristóteles e de São Tomás de Aquino, doutorando-se em Teologia.

Sempre contestador, não tarda a atrair contra si próprio opiniões contrárias e perseguições. Em 1576 abandona o hábito ao ser acusado de heresia por duvidar da Santíssima Trindade. Inicia, então, uma peregrinação que marcou sua vida, visitando Gênova, Toulouse, Paris e Londres, onde passou dois anos (1583 a 1585) sob proteção do embaixador francês, freqüentando o círculo de amigos do poeta inglês Sir Philip Sidney. Em 1585, Bruno retornou a Paris, indo em seguida para Marburg, Wittenberg, Praga, Helmstedt e Frankfurt, onde conseguiu publicar vários de seus escritos.

Defensor do humanismo, corrente filosófica do Renascimento (cujo principal representante é Erasmo), Bruno defendia o infinito cósmico e uma nova visão do homem. Embora a filosofia da sua época estivesse baseada nos clássicos antigos, dentre os quais principalmente Aristóteles, Bruno teorizou veementemente contra eles. Sua forma e conteúdo são muito semelhantes às de Platão, escrevendo na forma de diálogos e com a mesma visão.

Nômade por natureza e modo de vida, Bruno baseou sua filosofia apoiado nas suas intuições e vivências fora do comum. Defendeu teorias filosóficas que misturavam um neo-platonismo místico e panteísmo. Acreditava que o Universo é infinito, que Deus é a alma universal do mundo e que todas as coisas materiais são manifestações deste principio infinito. Por tudo isso, Bruno é considerado um pioneiro da filosofia moderna, tendo influenciado decisivamente o filósofo holandês Baruch de Espinoza e o pensador alemão Gottfried Wilhelm von Leibniz.

Ao contrário do que se pensa comumente, Giordano Bruno não foi queimado na fogueira por defender o heliocentrismo de Copérnico.

Um dos pontos chaves de sua teoria é a cosmologia, segundo a qual o universo seria infinito, povoado por milhares de sistemas solares, e interligado com outros planetas contendo vida inteligente. Para esta perspectiva bebeu na fonte de Nicolau da Cusa, Copérnico e também de Giovanni Della Porta.

John Gribbin, em seu livro "Science: A History 1543-2001" explica que Bruno participava de um movimento chamado Hermetismo, que se baseava em escrituras que, de acordo com o que era dito, teriam se originado no Egito na época de Moisés. Entre outras referências, esse movimento utilizava os ensinamentos do deus egípcio Thoth, cujo equivalente grego era Hermes (daí hermetismo) - conhecido pelos seguidores como Hermes Trimegistus. Bruno teria abraçado a teoria de Copérnico porque ela se encaixava bem na idéia egípcia de um universo centrado no Sol.

Deus seria a força criadora perfeita que forma o mundo e que seria imanente a ele. Bruno coaduna com os poderes humanos extraordinários, mas enfrentou abertamente a Igreja Católica e seus preceitos.

O nobre veneziano chamado Giovanni Mocenigo, membro de um das mais ilustres famílias de Veneza, encontrou Bruno em Frankfurt em 1590 e convidou-o para vir a Veneza, sob o pretexto de ensinar a mnemotécnica, a arte de desenvolver a memória, em que Bruno era perito. Segundo Will Durant (História da Civilização, volume VII), Bruno fora há muitos anos posto fora da lei pela Inquisição, ansiosa por prendê-lo por suas doutrinas subversivas, mas Veneza gozava da fama de proteger tais foragidos e o filósofo sentiu-se encorajado a cruzar os Alpes e regressar. Como Mocenigo quisesse usar as artes da memória com fins comerciais, segundo alguns, ou para prejudicar seus concorrentes e inimigos conforme outros, Bruno negou-se a lhe ensinar. Segundo Durant, Mocenigo, católico piedoso, assustava-se com "as heresias que o loquaz e incauto filósofo lhe expunha", e perguntou a seu confessor se devia denunciar Bruno à inquisição. O sacedote recomendou-lhe esperar e reunir provas, no que Mocenigo assentiu; mas quando Bruno anunciou seu desejo de regressar a Frankfurt, o nobre denunciou-o ao Santo Ofício. Mocenigo trancou-o num quarto e chamou os agentes da Inquisição para levarem-no preso, acusando de heresia. Bruno foi preso no San Castello no dia 23 de maio de 1592.

Por estas opiniões quentes e perigosas para a época que Giordano Bruno foi condenado pela Inquisição, tendo passado seus últimos oito anos sofrendo torturas e maus tratos de todos os tipos. No último interrogatório não se submete, mostra força e coragem. Por não abjurar, é condenado à morte na fogueira, mas antes de morrer queimado no Campo de Fiori, ele afronta ainda mais uma vez seus inquisidores. É dito que cuspiu no crucifixo dos os que o mataram. Porém alguns consideram que não o tenha feito e este relato seja para tentar depreciar mais sua imagem. Morreu na fogueira com tábua e pregos na língua, para parar de "blasfemar".

Ao ser anunciada a sentença de que seria executado piamente, sem profusão de sangue (que em verdade significava a morte pela fogueira) disse: "Teme mais a Força em pronunciar a sentença do que eu em escutá-la"

Bruno também escreveu um livro polêmico, "A ceia das Cinzas", que foi queimado pela Igreja Católica.

 

publicado por sá morais às 10:12

Conversas Imaginárias no Made in Viseu

16.11.09

 

É bom saber que existe um jornal em Viseu que se interessa pela cultura - Made in Viseu. O meu obrigado!

publicado por sá morais às 22:12

Conversas Imaginárias - Programa

13.11.09

 

 

 LISTA DE PARTICIPANTES:

 


Ana Vicente Ferreira (literatura)
Andreas Rocha (concept art)
António de Macedo (cinema)
Bruno Martins Soares (literatura)
Carla Ribeiro (literatura)
David Soares (BD e literatura)
Fábio Ventura (literatura)
Filipe Melo (cinema e BD)
Filipe Teixeira (concept art e BD)
Gonçalo Sousa (concept art)
João Barreiros (literatura)
Nuno Fonseca (literatura)
Paulo Fonseca (literatura)
Paulo Prazeres (cinema)
Pedro Florêncio (cinema)
Pedro Ventura (literatura)
Rafael Loureiro (literatura)
Ricardo Venâncio (BD)
Rui Ramos (BD)
Telmo Marçal (literatura)

 

 

 

 

O Programa

 
21 de Novembro
(auditório da BMOR)

16:00-17:15 – Mesa-redonda: Concept artists nacionais.
Com Andreas Rocha, Gonçalo Sousa e Filipe Teixeira.

17:15-17:45 – Intervalo

17:45-19:15 – Exibição de curtas-metragens e Mesa-redonda "Cinema Fantástico Português".
Com Rita Palma (moderação), Paulo Prazeres, António de Macedo, Filipe Melo e Pedro Florêncio.
Com a exibição de “FRUNC”, “Papá Wrestling” e “I’ll See You In My Dreams”.


28 de Novembro
(auditório da BMOR)

Feira do Livro Fantástico (em confirmação - no átrio).

15:00-15:45 – Mesa-redonda “Auto-edição em Portugal: oportunidades e problemas”.
Com Pedro Ventura (moderação), Paulo Fonseca, Rafael Loureiro, (+ convidado a confirmar).

15:45-16:15 – Sugestões de Leitura.
Com João Barreiros, Nuno Fonseca e Cristina Alves.

16:15-16:45 – Intervalo.

16:45-17:45 – Mesa-redonda "Novidades em Banda-Desenhada".
Com Ricardo Venâncio, Rui Ramos, David Soares e Filipe Melo.

17:45-18:30 – Mesa-redonda “Novas aventuras do Fantástico Português”.
Com Telmo Marçal, Fábio Ventura, Bruno Martins, Ana Vicente Ferreira.

18:30-19:15 – Mesa-redonda "A Literatura Fantástica Portuguesa: Passado e Presente".
Com Maria do Rosário Monteiro (moderação), Safaa Dib, João Seixas, (+convidados a confirmar).

20:00 – Tertúlia Noite Fantástica
(para quem estiver interessado em ficar para conversar durante o jantar, em restaurante a confirmar)


E ainda, a decorrer desde 9 de Novembro (na sala multi-usos da BMOR), até 28 de Novembro, a Exposição Há Conversas com o Imaginarte.


Organização: Rogério Ribeiro.
Cartaz: Luís Peres.
Apoio: Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro.

 

Divulgação - Éden - Reinado dos Céus de Bruno Pereira

13.11.09


 

 


 

Aos 25 anos Bruno Pereira lançou o seu terceiro livro, o primeiro na categoria do fantástico. "Éden - Reinado dos Céus" é o primeiro de uma trilogia de literatura fantástica.A obra foi lançada através da HMEditora, capa é de Sebastião Reis também de Mondim de Basto e tem um preço de 12 euros.


 

 


 

Resumo da história do I Volume :
Em Cethrum, morada de Deuses, o reinado de bom Daryö chega ao seu fim, dando o seu lugar a um novo Deus Maior. No reino terreno de Aguëda, o tirano Däalberg, semeia a crueldade e o terror entre os seus súbditos. Entretanto, Sörlumum, rei dos Demónios, espreita a oportunidade de estender o seu manto do Mal aos Céus... e a Terra...


 


Na pequena aldeia de ÄquaSanta, desconhecendo as mudanças que se avizinham, a jovem Éden, sob o olhar angustiado de seus pais, prepara-se para uma vida de servidão ao Rei Däalberg.
Éden - Reinado dos Céus, deixará o leitor absorvido neste mundo de fantasia, onde como nunca, a eterna luta entre o Bem e o Mal entrou no seu auge...
publicado por sá morais às 10:39

Enigma - Prism of Life

12.11.09

 

 

 

I am hunted by the future

Will the future be my past?

Or is time a fade out picture

of my everlasting cast?

publicado por sá morais às 01:17

Clash of the Titans (2010)

01.11.09

 

Clash of the Titans é um remake do original de 1981 sobre o mito de Perseu e sua batalha mortal contra Medusa e o monstro Kraken para poder salvar a princesa Andrómeda. Dirigido por Louis Leterrier, o filme tem Sam Worthington no papel de Perseu. O lançamento está previsto para 26 de março de 2010 nos Estados Unidos e Reino Unido.

As filmagens começaram em 27 de abril de 2009 em Londres, nos estúdios Shepperton. As filmagens também terão como locação o País de Gales, as Ilhas Canárias, Islândia e Etiópia.

A música será composta por Craig Armstrong.

Elenco

  • Sam Worthington ... Perseus
  • Liam Neeson ... Zeus
  • Ralph Fiennes ... Hades
  • Gemma Arterton ... Io
  • Izabella Miko ... Athena
  • Mads Mikkelsen ... Draco
  • Jason Flemyng ... Acrisius
  • Alexa Davalos ... Andrómeda

Está agendada para 2010 a estreia deste filme de "Fantasia Pura e Dura", um remake do filme com dedo de Ray Harryhausen. Veremos se o imenso potêncial da mitologia ocidental é aproveitado. Espero que sim... Para já, a participação de Craig Armstrong promete uma BSO à altura e Sam Worthington promete um Perseus que poderá ser credível.

publicado por sá morais às 11:22

pesquisar

 

comentários recentes

mais comentados

arquivos

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

eXTReMe Tracker

Novembro 2009

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30